Volte ao spin

sábado, 23 de junho de 2018

Viagens: do Acre ao Maranhão

do Acre ao Maranhão (parte 6/7)

...continuação
Esperei o barco para Santarém por mais de duas horas e tive que aguentar lorotas do paraense com dois dentes de ouro e óculos escuros de bicheiro. O barco de casco de madeira atracou no meio do dia. Chovia forte no momento do embarque. Comi o almoço razoável e me recolhi enquanto a chuva tornava as águas do rio Amazonas bastante agitadas. Os passageiros praticamente não saíam das redes.
O barco atracou no porto de Santarém no meio da madrugada. A maioria permaneceu a bordo até o amanhecer, quando então começou a movimentação de desarmar as redes, as filas nos banheiros, arrumação geral e o desembarque.
No trecho tranquilo de Santarém encontrava-se restaurante especializado em peixes. Tomei caipirinhas antes de mergulhar de cabeça na divina caldeirada de tambaqui. Com o calor do dia e do caldo me ensopei na hora. A mesa na calçada amenizou ligeiramente a fervura do corpo. Com a pele e a roupa pingando suor, mas satisfeitíssimo, tomei sucos de graviola para rebater.

quarta-feira, 16 de maio de 2018

Idas e vindas dos Gontijo

Os mais antigos se empenham em seguir o caminho da retidão, idealizam um mundo ideal, em que seus filhos, netos, bisnetos serão todos empenhados no trabalho, na retidão, bem como em servir aos povos das cidades,,..no entanto, como temos visto, muitos dos mais novos enveredaram pelo caminho errado, e isso não diz respeito a poucas, mas a muitas famílias, de forma que se faz necessário o exercício da soberania popular sobre as Instituições e pessoas jurídicas em geral, sejam elas de direito público ou privado, para que, submetidas ao interesse social, não debandem para o mundo do crime...aliás, nos EUA, dizem, o Estado tem forte controle e vigilância sobre cada passo das empresas privadas, não podem fazer o que dá na telha, como muitos imaginam....quer dizer, mesmo em regimes do tipo capitalista liberal, a coisa não corre solta como em nosso pais, estou me referindo aos casos de envolvimento de membros da família Gontijo com organizações criminosas, como fora reportado na página do Spin Rato ( https://spinrato.blogspot.com.br/2018/05/justica-decreta-prisao-da-familia.html )

Ônibus Busscar Jum Buss 360 da Gontijo.
Razão socialEmpresa Gontijo de Transportes Ltda.
TipoEmpresa de capital fechado
IndústriaTransportes
Fundação1943 (75 anos)
Fundador(es)Abílio Gontijo
SedeBelo HorizonteBrasil
Área(s) servida(s)Brasil:
 Alagoas
Bahia Bahia
 Ceará
 Distrito Federal
 Espírito Santo
 Goiás
 Maranhão
 Mato Grosso
 Mato Grosso do Sul
 Minas Gerais
Pará Pará
 Paraíba
 Paraná
 Pernambuco
 Piauí
 Rio de Janeiro
 Rio Grande do Norte
 Rondônia
 São Paulo
 Sergipe
 Tocantins

América do Sul:
 Paraguai
Proprietário(s)Grupo Gontijo
PresidenteAbílio Júnior
Empregados9.000[1]
ProdutosTransporte rodoviário de passageiros
Turismo
Transporte de cargas
SubsidiáriasSão Geraldo
Viação Nacional
Viação Continental
Empresa São Cristovão
LucroAumento R$ 6,9 milhões (2012)
LAJIRAumento R$ 64,8 milhões (2012)
FaturamentoAumento R$ 395,4 milhões (2012)[2]
Website oficialwww.gontijo.com.br

Saiba mais



quarta-feira, 27 de abril de 2011

Praias do nordeste brasileiro

As praias do Nordeste são consideradas as mais belas e limpas do país , e não é a toa que  atraem centenas de visitantes nacionais e do exterior. Cada uma delas é mais exuberante que a outra, e a pergunta que fica é: Qual das praias do Nordeste visitar primeiro?

Praias do Nordeste brasileiro
Foto de uma praia do Nordeste
Podemos começar com os Lençóis Maranhenses, com grande bacia hidrográfica, além de um deserto com areias brancas e lagoas com peixes coloridos, suas águas são represadas pelas Dunas proporcionando uma incrível paisagem, que inclusive já foi cenário de muitas novelas e até mesmo filmes. Ainda, devemos visitar o Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses, onde ainda se pode praticar a pesca e algumas outras atividades. O deslocamento interno nas dunas do parque é feito por veículos de tração 4 x 4, em um percurso muito agradável e com uma visão paradisíaca das dunas.
Outro item imperdível que não pode faltar no roteiro é uma visita à Alagoas, onde podemos encontrar cidades como a “Barra de São Miguel” caracterizada pelas águas cristalinas e sendo considerado  o maior balneário turístico do Estado. Além da presença de praias como Atalaia e Saquarema que atraem veleiros e dão um charme todo especial a essas cidades.